Nu: uma perspectiva despida de dogmatismos

Marco Naccarato

Resumo


Usando o nu como fio condutor do texto, o artigo aborda o ceticismo em três diferentes momentos da história na tentativa de relacionar esta doutrina a uma abertura para a alteridade em contraponto às posturas dogmáticas.

Texto completo:

PDF

Referências


Bibliografia

BRITO, Rodrigo Pinto de. Notas sobre a Vida de Pirro. Prometeus, Ano 7, nº 16, Julho-Dezembro/2014, p. 84-100.

DESCARTES, René. Discurso do Método. S. Paulo: Lafonte, 2017.

DIÔGENES LAÊRTIOS. Vidas e doutrinas dos filósofos ilustres. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.

GAZZINELLI, G. G. A Vida Cética de Pirro. S. Paulo: Edições Loyola, 2009.

MARCONDES, Danilo. Montaigne, a descoberta do Novo Mundo e o Ceticismo Moderno. Kriterion, Belo Horizonte, nº 126, Dezembro/2012, p. 421-433

MONTAIGNE, Michel de. Os ensaios: uma seleção. S. Paulo: Companhia das Letras, 2010.

NIETZSCHE, Friedrich. Assim falou Zaratustra. S. Paulo: Editora Schwarcz, 2011.

PLUTARCO. Alexandre, o grande. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

SPINOZA, Benedictus de. Ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

Internet:

DODSWORTH Magnavita de Carvalho, Alexey. Gimnosofistas - as raízes orientais do ceticismo pirrônico. Disponível em . Acesso em 31 de maio de 2018.

GIMNOSOFISTAS. (n.d.) In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: . Acesso em 23 de maio de 2018.

GIMNOSOFISTI. (n.d.) In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: . Acesso em 23 de maio de 2018.

GYMNOSOPHISTS. (n.d.) In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: . Acesso em 23 de maio de 2018.

Filme:

BRINCANDO nos Campos do Senhor. Direção de Hector Babenco. The Saul Zaentz Company, 1991, color (189 min).




DOI: http://dx.doi.org/10.32459/revistalumen.v3i5.72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.